“Reforma da Previdência e privatizações não salvarão o país” Notícia postada em 07.02.2019


Em pronunciamento em Plenário, nesta quinta-feira (7), alertei que a reforma da Previdência e a privatização de estatais, duas prioridades do governo federal, não resolverão os problemas fiscais do país, como quer o mercado.

A Previdência Social é um direito dos brasileiros, eu reafirmo que o problema é de gestão e combate as sonegações, as roubalheiras, a corrupção, além de cobrar a os grandes devedores.  

Se a Previdência está quebrada como dizem, o que eu não acredito, como podem querer abrir mão de contribuições sobre o lucro, faturamento, loterias, PIS-Cofins, jogos lotéricos, sobre a folha de pagamento? Isso representa 75% do que é arrecadado.

A desestatização da antiga empresa mineradora Vale do Rio Doce é um exemplo a não ser seguido. A estatal foi vendida a um valor muito inferior ao de mercado e resultou em lucro para os empresários e, mais recentemente, em tragédias para a população, como as de Mariana e de Brumadinho.

As obrigações e os deveres do Legislativo nesta 56° legislatura devem ser os seres humanos e o meio ambiente, em vez de números de mercado.

Com informações da Agência Senado

Link: https://www12.senado.leg.br/noticias/materias/2019/02/07/reforma-da-previdencia-e-privatizacoes-nao-salvarao-o-pais-afirma-paulo-paim

Compartilhe nas redes sociais: