Paulo Paim se solidariza com familiares e amigos de vítimas de chacina em catedral Notícia postada em 12.12.2018


Vídeo
Em pronunciamento no Plenário nesta quarta-feira (12), o senador Paulo Paim (PT-RS) se solidarizou com os familiares e amigos das vítimas de tragédia na catedral metropolitana no município de Campinas, em São Paulo.

Na última terça-feira (11), um homem abriu fogo contra os fiéis que assistiam a uma missa na catedral. Quatro pessoas foram assassinadas e outras ficaram feridas, disse Paulo Paim, ao acrescentar que o assassino, em seguida, se suicidou.

— A gente via muito falar na Europa, nos Estados Unidos, situações como essa. Isso é uma demonstração da violência sem controle, absurda, que está no nosso país — lamentou o senador.

Prêmio Nobel
Paim saudou os vencedores do Prêmio Nobel da Paz de 2018: o médico congolês Denis Mukwege e a ex-escrava de extremistas, Nadia Murad, que, segundo ele, destacaram-se neste ano pela luta contra a violência sexual em guerras e pela punição dos abusadores.

Repasses
Em seu discurso, o senador também destacou a aprovação, pela Comissão de Assuntos Econômicos, do projeto que libera o repasse, pela União, de dinheiro relativo à compensação da Lei Kandir, devido aos estados e ao Distrito Federal (PLS 424/2018). Ele registrou que o Rio Grande do Sul receberá R$ 190 milhões.

Agência Senado 
Compartilhe nas redes sociais: