Estudantes com síndrome de Down têm aula prática de garçom no Restaurante dos Senadores Notícia postada em 16.04.2018


Até maio, às segundas e sextas-feiras, a segunda turma do curso de formação para garçons voltado às pessoas com síndrome de Down trabalhará no Restaurante dos Senadores

O Restaurante dos Senadores recebe até maio a segunda turma do curso de formação para garçons voltado às pessoas com síndrome de Down. No local, os alunos colocam em prática o que aprenderam no curso do Senac, que administra o restaurante. Trata-se de um projeto de inclusão social que, desde sua criação, em 2017, envolveu mais de 15 estudantes.

Os alunos têm entre 18 e 45 anos de idade e são encaminhados pelo CrisDown, que é um centro de tratamento especializado para pessoas com a síndrome e está vinculado ao Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). No entanto, as matrículas também podem ser feitas diretamente no próprio Senac. Em média, são três meses de formação que tem o objetivo de capacitação para o mercado de trabalho

As aulas são teóricas e práticas e abordam técnicas de serviço de atendimento, alimentação saudável, segurança alimentar, etiqueta e outras disciplinas. Além disso, trabalha-se a autonomia a partir do aperfeiçoamento de competências.

— É um curso completo e que os prepara para o trabalho, mas sobretudo, para a vida. Muitos chegam cabisbaixos e, ao final da formação, saem alegres, mais comunicativos e com a autoestima elevada. Eles passam a acreditar no potencial deles. E a própria atividade, por exemplo, de conduzir bandejas, o que requer equilíbrio, torna-se uma extensão para o desenvolvimento do corpo —, observa a instrutora de educação profissional, Michelle de Araújo.

Os estudantes Murilo Agnelo (25), e Aline de Jesus (40), já sabem o que querem para o futuro.

— Quero trabalhar para ter uma fonte de renda e ajudar minha família e ainda, viajar para Orlando, que é o meu sonho — diz Murilo.

— Quero conseguir um emprego para ser e fazer o meu melhor. Quando interajo com as pessoas, fico mais sorridente e me sinto bem — garante Aline.

A instrutora do curso esclarece que a proposta não é ofertar vagas para o mercado de trabalho, mas prepará-los para isso. O projeto possui parceiros empresários que recebem currículos e que auxiliam na indicação e referências sobre os futuros diplomados. A turma realiza práticas profissionais no Restaurante dos Senadores às segundas e sextas-feiras.

Como participar

Para fazer a matrícula, basta procurar pelo Centro de Aperfeiçoamento em Gastronomia (Ceag/Senac), localizado na SQS 116. O curso é gratuito e a previsão, é que a próxima turma da formação seja aberta em 2019.

Comunicação interna do Senado 
Compartilhe nas redes sociais: