Movimento Livre Acesso à Free Way e Paim querem celeridade no processo de concessão da BR-290 Notícia postada em 30.10.2017


O senador Paulo Paim (PT-RS) esteve, nesta segunda-feira (30), no Tribunal de Contas da União (TCU), com o presidente da Câmara de Vereadores de Cachoeirinha (RS), Marcos Barbosa e o presidente da Associação Comercial de Cachoeirinha, André Campos. Em conversa com o ministro Marcos Bemquerer, eles pedem celeridade no processo licitatório, que se refere a concessão das rodovias federais (BR-290, BR-101 e BR-116). 

“Estive em Cachoeirinha recentemente e me comprometi em apoiar o Movimento que luta pelo acesso direto de Cachoeirinha para a rodovia Free Way. O ministro ouviu a demanda e orientou os próximos passos junto a equipe técnica do TCU”, diz o senador Paulo Paim. 

Além da mudança da praça de pedágio existente entre as cidades de Gravataí e Cachoeirinha, foi solicitado a criação de uma via de acesso (aos dois sentidos de acesso) à rodovia Free Way. Atualmente, a rodovia possui somente um único acesso de entrada e saída, sendo este no sentido litoral/capital. 

Também defenderam a aplicação do subsidio cruzado, ou seja, todas as praças de pedágio localizadas nas três rodovias terão o mesmo valor de tarifa, independente do percentual de investimento e quantidade de veículos que irão transitar nas mesmas. 

Em virtude do pedágio existente entre as cidades de Gravataí e Cachoeirinha, junto a BR-290, Cachoeirinha possui uma das avenidas com maior fluxo de veículos do Estado do Rio Grande do Sul, com cerca de 160 mil veículos por dia. 

“A BR-290 é uma rodovia que possui alto índice de trafegabilidade, maior número de veículos, menor necessidade de investimentos e maior receita por meio de tarifa, irá subsidiar os “prejuízos” obtidos pela concessionária junto as outras rodovias”, afirma Marco Barbosa. 

Movimento Livre Acesso à Free Way

O Movimento Livre Acesso à Free Way recebeu confirmação extraoficial da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) de duas novas alças de acesso: uma da rodovia para a Avenida Papa João XXIII, no centro de Cachoeirinha, para quem segue no sentido Capital-Litoral; e outra da mesma avenida para a Free Way, no mesmo sentido. 

Hoje, os acessos entre o município e a rodovia são feitos pela Avenida Assis Brasil, ou então pela Avenida Papa João XXIII, mas apenas de Cachoeirinha para Porto Alegre. “Apesar de a ANTT prever alteração na praça de pedágio da Free Way (BR-290), em Gravataí, queremos ainda este ano a construção da via de acesso ao município de Cachoeirinha. Já estamos há 10 anos lutando por essa causa”, destaca André Campos.

Compartilhe nas redes sociais: