Paim lamenta situação dos professores em greve no Rio Grande do Sul Notícia postada em 19.09.2017
Vídeo
O senador Paulo Paim (PT-RS) lamentou o tratamento dado aos professores do seu estado, que estão em greve desde o dia 5 deste mês em protesto o parcelamento dos salários do funcionalismo estadual. Segundo país, várias escolas estão em greve total ou parcial.

Paim citou um comunicado do Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul relatando os atos realizados em diversos municípios do estado, com a participação de professores, funcionários das escolas, estudantes e pais de alunos. De acordo com o senador, toda a comunidade escolar está unida contra o que vem ocorrendo.

Paim lamentou o fato de o governo estadual adotar medidas que prejudicam os funcionários públicos, que não tiveram responsabilidade na crise enfrentada pelo estado. Segundo o senador, nunca havia acontecido algo semelhante no Rio Grande do Sul.

- As coisas vão de mal a pior lá no nosso querido Rio Grande. Notícias dão conta de que novos parcelamentos acontecerão em setembro. A parcela [do salário] será ainda menor do que a paga em agosto. Ou seja, menor do que 350 reais - disse o senador.
Compartilhe nas redes sociais: