Senador Paim diz que o país vai parar dia 28 Notícia postada em 18.04.2017
Vídeo

O senador Paulo Paim (PT/RS) disse em Plenário, nesta terça-feira (18), que o Brasil vai parar no dia 28 para protestar contra as reformas previdenciária e trabalhista. Milhares de pessoas estão se mobilizando pelas redes sociais. A manifestação reunirá centrais sindicais, grupos estudantis, professores, policiais, operários, toda a classe trabalhadora, que será a mais prejudicada com essas reformas. 

“Estamos em contagem regressiva para o maior ato público em defesa dos direitos dos trabalhadores. Daqui 10 dias o país vai parar”, declarou Paim.   

Para o senador Paim, nunca se viu antes na história do país, um governo tão manipulador.

 “Nem os presidentes do regime militar atacaram tanto o povo como esse governo. Esse presidente Temer é um algoz dos trabalhadores e do povo brasileiro”, disse. 

O senador afirma que as mudanças na Previdência enviadas pelo Governo Federal ao Congresso Nacional só têm o objetivo de acabar com o desenvolvimento humano e econômico. Na avaliação de Paim, trata-se da desumanização da política. 

“Esse Senado e essa Câmara dos Deputados não tem moral nenhuma para fazer a reforma da Previdência”, argumentou. 

Outra questão levantada pelo senador foi o gasto excessivo com as propagandas em defesa da reforma Previdenciária e alertou a população para o teor falso dessas peças publicitárias.

Compartilhe nas redes sociais: